RMC

Conscientização, desmatamento e queimadas são colocados em pauta no Dia da Árvore no CEDIN

Foto divulgação

“Para celebrar esta data [Dia da Árvore], os educadores do CEDIN trabalharam, ao longo desta semana, a conscientização da criançada para preservação desta riqueza natural. Mais que um ato simbólico, as atividades desenvolvidas colocaram em pauta a mudança de postura na relação com o meio ambiente”, afirma a Coordenadora do Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil da Fundação Romi, Camila Bonfati Costa Jorge.

De forma lúdica e por meio de brincadeiras e jogos, conscientização, desmatamento e queimadas foram colocados em pauta, no Dia da Árvore, para as crianças dos Jardins I e II do CEDIN. Os educadores trouxeram para as crianças uma série de informações acerca desta que é uma das mais importantes riquezas naturais. As diversas espécies são fundamentais para a vida na Terra: aumentam a umidade do ar, evitam erosões, metabolizam gás carbônico em oxigênio, potencializam a drenagem do solo, reduzem a temperatura e fornecem sombra e abrigo para algumas espécies animais. Além disso, incluem-se várias plantas frutíferas.

O fato é que, o cenário atual das árvores no Brasil não tem sido o dos melhores. Em virtude da grande quantidade de utilizações e da expansão urbana, as árvores têm sido constantemente exterminadas, o que resulta em grandes áreas desmatadas. Esta realidade afeta diretamente a vida de toda a população, que passa a enfrentar alterações no ciclo das chuvas, erosões, assoreamento de rios, redução da umidade relativa do ar, desertificação e perda de biodiversidade.

Estudos do Imazon – Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia mostram que as taxas de desmatamento poderão dobrar com as reduções das áreas de preservação aprovadas recentemente no Congresso Nacional. Segundo o engenheiro florestal Paulo Barreto, pesquisador associado do Imazon, “Vários fatores contribuem com o desmatamento, desde políticas públicas até a economia e o mercado. Há uma relação histórica entre o preço do gado e as taxas de desmatamento. O aumento de preço aumenta o desmatamento, e vice-versa.”

Não bastasse todo esse processo de ocupação dos espaços, consumo desenfreado e desmatamentos, ainda há as queimadas – naturais ou (principalmente) provocadas pelo homem. Em um mês, uma área três vezes a cidade de São Paulo, 70% do Parque Nacional do Araguaia, queimou. A maior floresta do Médio Araguaia, rio que se estende por 2,1 mil quilômetros do Centro-Oeste ao Norte, está perto de desaparecer. São mais de 178 mil focos de queimada em todo o Brasil, neste ano. “As condições atmosféricas têm propiciado esse alto índice, principalmente os 130 dias que já vamos acumulando sem êxito de chuva significativa no nosso estado ”, afirmou o meteorologista José Luiz Cabral.

Além de medidas de gestão pública prioritárias a serem tomadas, há uma urgente importância de se trabalhar nas escolas a cultura ambiental infantil. As crianças, sobretudo, nos espaços educacionais, além de se conscientizarem acerca do meio ambiente e seu impacto na vida das pessoas, devem ser instigadas a atuarem como agentes multiplicadores. A partir do momento que elas sentem-se parte da biosfera e agentes ativos nela, elas passam a assimilar a importância da preservação e, consequentemente, compartilham isso em suas casas e espaços de convivência.

Sobre o CEDIN

Fruto dos mais de 20 anos de sucesso do Núcleo de Educação Integrada da Fundação Romi, o Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil é resultado de uma parceria entre a instituição e a Secretaria Municipal de Educação de Santa Bárbara d´Oeste. Uma escola de ensino infantil, Jardim I e II, voltada para o atendimento de crianças de 4 e 5 anos, prioritariamente em situação de vulnerabilidade social, e cuja metodologia de ensino própria, inspirada em Vygotsky, Piaget, Freire e na experiência da cidade italiana Reggio Emilia, empodera a criança fazendo dela protagonista de sua formação através de desafios temáticos, espaços lúdicos e ateliês de conhecimento. O CEDIN está localizada na Avenida João Ometto, 200, Jd. Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1554. www.fundacaoromi.org.br/cedin.

Sobre a Fundação Romi

Criada em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi, a Fundação Romi tem como missão promover o desenvolvimento social e humano através da educação e cultura.  Pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, atende mais de 30 mil pessoas por ano através de seus dois grandes eixos: Educação e Cultura. Dentre elas está a manutenção do Núcleo de Educação Integrada, sua escola de Ensino Fundamental II, com atendimento integral de 300 adolescentes, e o Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil, sua escola de Educação Infantil, voltada, prioritariamente, para o atendimento de mais de 100 crianças em situação de vulnerabilidade social. Além disso, promove, através de seu Centro de Documentação Histórica, o projeto de Educação Patrimonial que atende mais de 8mil crianças, da rede municipal do Ensino Fundamental I, para reconhecimento e conhecimento da história local como elemento de cultura e cidadania, e o Processamento Técnico da memória do município para guarda, preservação e disponibilização do acervo à população para consulta e pesquisa. Não bastasse isso, por meio de oficinas livres, culturais e de formação, a Estação Cultural atende mais de 10mil pessoas através de projetos de fomento à economia criativa, de elevação do status cultural e de ações socioeducativas. Tendo como apoiadora a Indústrias Romi S.A., instituições governamentais e não governamentais e demais parceiros da iniciativa privada, a Fundação Romi objetiva, continuamente, atingir um maior número de beneficiários por meio de suas áreas de atuação, seus programas e projetos. Av. Monte Castelo, 1095, Jd. Primavera – Santa Bárbara d’Oeste, SP. (19) 3499-1555. www.fundacaoromi.org.br.

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br