Conheça os vilões da obesidade nos pets

Equilíbrio Light é um alimento completo para cães, com mais fibras e L-carnitina, que auxilia na queima de gorduras

 

Todo pet adora um bom petisco e qualquer tutor fica feliz quando vê o seu bichinho de estimação se deliciando com as “comidinhas” extras. Mas esta atitude diária pode levar o cãozinho a obesidade; e em um curto período de tempo os problemas de saúde já podem ser percebidos. Os mais comuns são os problemas ósseos e cardíacos, sendo que uma das regiões mais afetadas é a coluna vertebral, que fica sobrecarregada com o excesso de peso.

Problemas nas articulações também são comuns e, se a obesidade ocorrer em filhotes, principalmente nos de raças grandes, pode causar displasia coxofemoral e hérnias. Além disso, os cães obesos têm mais dificuldade para andar, tornam-se mais sonolentos, perdem o fôlego facilmente e podem desenvolver diabetes.

Dessa forma, um produto light é fundamental para prevenir a obesidade: “O alimento tradicional, em casos de animais com sobrepeso ou fortes tendências à obesidade, poderá ser substituído por uma Equilíbrio Light, que contém mais fibras, menos gorduras e substâncias funcionais, como a L-carnitina por exemplo”, recomenda o médico veterinário da Equilíbrio Super Premium, Marcello Machado.

 

Outros “vilões” da obesidade que os tutores dos cãezinhos não sabem, é a Castração e a Predisposição Genética. Cães castrados apresentam o dobro da probabilidade de se tornarem obesos e o distúrbio é mais frequente entre as fêmeas. Cães de algumas raças, como Labrador, Golden Retriever, Collie, Cocker Spaniel, Beagle e Dachshund, têm predisposição a engordar.

 

É importante, no entanto, entender que a alimentação correta começa desde cedo, ainda mais se o pet for castrado: “O filhote come muito mais do que precisa, assim acaba produzindo mais células adiposas e isso é um facilitador da obesidade na fase adulta”, finaliza Marcello.

Comentários