Comissão de Obras recebe secretária Municipal de Habitação

Marcela Siscão esclarece como está a situação do Residencial Rubi

 

A secretária Municipal de Habitação, Marcela Siscão, participou da reunião da Comissão de Obras e Serviços Públicos e respondeu os questionamentos dos vereadores a respeito da conclusão das obras do Residencial Rubi. A reunião foi realizada no Plenário, na tarde de quinta-feira (13), e contou com a plateia formada por moradores contemplados da moradia popular.

 

Questionada sobre o que falta para conclusão das obras, a secretária respondeu que falta a instalação dos hidrômetros e o término da estação elevatória de esgoto. “Sem a construção da estação, não é possível fazer os testes de rede, com o objetivo de garantir que as pessoas vão receber a água com qualidade. A estação está com a obra civil concluída, mas ainda precisa de energização”, explicou.

 

A secretária também informou que a previsão de entrega dos apartamentos é para o segundo semestre. A gente não tem uma data fixa porque é um conjunto de ações entre vários intervenientes, como a construtora, a concessionária, a Cetesb, o cartório, a Prefeitura e os Bombeiros”, esclareceu. Marcela explicou ainda que, apesar da obra dos apartamentos estar praticamente pronta, ainda falta concluir a estrutura do loteamento.

 

Sobre a possiblidade de pagamento de auxílio-moradia aos contemplados, Marcela esclareceu que a Secretaria de Habitação não trabalha com esse tipo de ação, mas apenas com programas habitacionais.

 

Responsável por fiscalizar obras e serviços públicos, bem como os planos habitacionais elaborados ou executados pelo município, entre outras atribuições, a Comissão de Obras, Serviços Públicos, Planejamento, Uso, Ocupação e Parcelamento do Solo, Agricultura e Ecologia é formada pelos vereadores: Helder do Táxi (PMDB), presidente; Lu Bogo (PR), vice-presidente; Waguinho da Santa Luiza (PPS), secretário; Darci Reis (PSD); Nilton Santos (PRB).

Comentários