Com aporte de mais de 100 milhões, brasileiro André Jordan amplia investimento no mercado imobiliário em Portugal

Novo empreendimento do André Jordan Group em Lisboa já é considerado destaque em todo o continente europeu

 

Em um contexto de constate êxodo de brasileiros para Portugal, um dos nomes mais importantes do mercado imobiliário no país luso é carioca. Considerado o “Pai do Turismo” português, o empresário André Jordan, mundialmente reconhecido pela Quinta do Lago e pelo Belas Clube de Campo, aposta agora em um novo empreendimento: o Lisbon Green Valley, com investimento na ordem de 100 milhões de euros (371 milhões de reais).

 

Sendo a nova fase do Belas Clube de Campo, o Lisbon Green Valley está inserido nos mais de 1000 hectares de floresta da Serra da Carregueira e em plena harmonia com a Natureza, a apenas 15 minutos do centro de Lisboa, uma situação única a nível europeu.

 

“Este é um projeto com o cunho do André Jordan Group, onde incorporamos toda a experiencia adquirida na Quinta do Lago e em Vilamoura XXI, e estou convicto que este será um sucesso ainda maior. A qualidade da arquitetura e toda a envolvência tornam o Lisbon Green Valley um local único, o novo destino de Lisboa”, diz Jordan.

 

Das 750 famílias que já residem no Belas Clube de Campo, 90% são portuguesas. No entanto, o empreendimento já registra 26 nacionalidades distintas, com notável destaque para os brasileiros, o que motivou um investimento internacional do Grupo, passando por Rio de Janeiro e São Paulo. A expectativa do grupo é ampliar a procura estrangeria para até 40%.

 

A relação do Grupo com o Brasil estende-se em outros projetos imobiliários nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, conforme aponta Gilberto Jordan, filho de André e CEO do grupo.

 

“Crescer no mercado internacional faz parte da nossa estratégia e o Brasil foi uma escolha natural, não só pelas raízes brasileiras, como também pela ligação do Grupo, desde há vários anos com este mercado, nomeadamente com a edificação de projetos urbanísticos pioneiros e de alto padrão como é o caso do Edifício Chopin, no Rio, e Edifício Esplanada, em São Paulo. Temos uma longa experiência nos mercados internacionais nos nossos projetos consolidados no Algarve como a Quinta do Lago e Vilamoura XXI. Além disso, assistimos a uma crescente procura por parte dos brasileiros de produtos de qualidade em Portugal. Existe uma relação muito próxima entre os dois países e queremos reforçar essa ligação”, diz.

 

Com uma envolvente paisagística de beleza inquestionável em torno de um dos campos de Golfe mais conceituados de Portugal, e integrando um conjunto de serviços e infraestruturas – Clube de Spa e Lazer, áreas lúdicas e desportivas, restaurantes – o Lisbon Green Valley – Belas Clube de Campo já é considerado o maior empreendimento residencial nas imediações de uma capital europeia e uma referência de sucesso incontornável no mercado imobiliário e na área da sustentabilidade na Europa.

Comentários