Piracicaba

Cobertura do TPA de Piracicaba começa a ser retirada; terminal será totalmente reconstruído

TPA atende 17 linhas e recebe em média 36 mil pessoas/mês; investimento será de R$ 5,3 milhões

Foi iniciado hoje, 22/10, o processo de demolição do Terminal Pauliceia Pedro José Silveira Lara (TPA). Os serviços devem durar aproximadamente 20 dias. Na sequência, segundo o setor de Engenharia da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Semuttran), começa a obra de fundação do TPA. O terminal, a exemplo do Vila Sônia, será totalmente reconstruído em um prazo de 12 meses, com investimento de R$ 5,3 milhões.

Os serviços de demolição começaram com a retirada das telhas metálicas e da estrutura metálica, trabalho parcialmente manual. Após essa fase, a empresa contratada, a Concivi, entram com as máquinas para a demolição da construção, para início das obras de fundação.

A reconstrução do TPA inclui uma nova plataforma com 1.680 m² e área coberta de 2.724 m², com forro metálico, iluminação LED e pista de rolagem em concreto para receber 15 ônibus ao mesmo tempo. A reconstrução também vai ampliar a acessibilidade no TPA, com banheiros acessíveis e para uso de ostomizados e piso tátil. O projeto inclui ainda sala para a Guarda Civil, bicicletário, reservatório de água com capacidade de 36 mil litros, bilheterias, proteção contra descargas elétricas e equipamentos para prevenção contra incêndio, câmeras de monitoramento, área de convívio para motoristas, vestiários masculinos e femininos acessíveis.

TERMINAL PROVISÓRIO – Para sua reconstrução, o TPA teve de ser fechado e os usuários utilizam, desde ontem, 21/10, um terminal provisório, instalado na rua Pedro Zanulardo Zanin, ao lado do TPA. O terminal provisório está em trecho da Pedro Zanin, entre as ruas Pacaembu e Pindorama. O espaço possui containers para abrigar bilheteria, banheiros feminino e masculino, posto da Guarda Civil, além de catracas para registrar a entrada e a saída dos passageiros. Abrigos para proteção dos usuários foram instalados em todo o quarteirão, que terá cinco plataformas para os ônibus. A Prefeitura pede a compreensão dos usuários para possíveis transtornos nesse período.

O Terminal Pauliceia foi inaugurado em outubro de 1996 e essa ação de recuperação é necessária para garantir o conforto dos usuários do transporte coletivo de Piracicaba, que serão beneficiados ao fim da obra. Com ela, também faremos a recuperação de vias do entorno do terminal, uma região bastante movimentada da cidade”, observa o prefeito Barjas Negri.

AVENIDA RECUPERADA – Simultaneamente à reconstrução do TPA, a Prefeitura vai recuperar trecho da avenida São Paulo, no entorno do terminal. O investimento será de R$ 2,3 milhões e a empresa responsável pela obra é a Projecon. O prazo de conclusão é de 240 dias a partir da ordem de serviço.

A avenida São Paulo será recuperada entre a rua Chavantes até as proximidades da rua Marilice Rodrigues da Silva Pinto, no início da rodovia Cornélio Pires, trecho sob concesssão da Rodovia das Colinas. Nesse local, o pavimento será reconstruído para adequar a geometria do sistema viário e melhorar a fluidez do trânsito.

Também serão construídas ao longo da avenida São Paulo, calçadas e rampas acessíveis, passagem de pedestres, semáforo para aumentar a segurança nas travessias, estacionamentos para ônibus reserva e veículos, relocação da adutora de água tratada, sinalização horizontal e vertical, drenagem e plantio de grama.

De acordo com o secretário de Trânsito e Transportes, Jorge Akira, na remodelação do sistema viário está prevista a criação de vagas para estacionamento de ônibus reserva. “Também iremos criar vagas para veículos que frequentam o comércio local”, informa Akira, dizendo que as melhorias em terminais de ônibus induzem o crescimento do comércio próximo.

CORREDORES DE ÔNIBUS – A reconstrução do TPA e as melhorias na avenida São Paulo integram o pacote de obras dos Corredores de Ônibus. Ele consiste em destinar uma faixa preferencial para os coletivos em uma extensão total de 31,7 km em algumas das principais avenidas. As obras podem reduzir em até 20% o tempo de viagem dos passageiros. Além dos corredores, o pacote contempla a modernização dos terminais. O Terminal Vila Sônia já foi reconstruído e o do Cecap/Edorado está em fase final. A execução dos corredores de ônibus tem recursos obtidos por meio de financiamento do programa Mobilidade Médias Cidades, da Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 52,6 milhões, e R$ 2,8 milhões de contrapartida do município.

Raio X – Reconstrução do Terminal Pauliceia

Construção de nova plataforma com 1.680 m²

Área coberta de 2.724 m²

Iluminação LED

Pista de rolagem em concreto para 15 ônibus

Maior acessibilidade com banheiros adaptados

Sala para a Guarda Civil

 

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br