RMC Saúde

CCZ desencadeia ações após confirmar raiva em morcego

Um morcego encontrado morto no bairro Antônio Zanaga, no dia 29 de março, foi confirmado ser portador do vírus da raiva. Na ocasião, um morador o encontrou e acionou o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) que fez o recolhimento e, posteriormente o enviou ao Instituto Pasteur, em São Paulo, para análise laboratorial durante ação de rotina.

O encaminhamento de animais mortos, como cães, gatos, morcegos e macacos, ao Instituto, é parte das atribuições do CCZ, já que este monitoramento é fundamental ao controle das zoonoses (doenças que são transmitidas dos animais aos seres humanos). No caso dos morcegos, esse monitoramento é feito para a detecção e controle do vírus rábico no município.

De acordo com o CCZ, o morcego é do tipo não hematófago, o que significa que ele não se alimenta de sangue, mas apenas de frutos e insetos. “O município de Americana ficou 15 anos sem ter um caso de morcego positivo. Apesar de a gente (o CCZ) fazer o monitoramento, a gente não encontrava morcegos positivos (para a raiva), alguns municípios da região tinham relatos de ocorrência, por isso a importância do monitoramento”, esclareceu a médica veterinária e responsável técnica do CCZ, Aneli Marques Neves Conceição.

Diante deste caso, uma equipe da Uvisa (Unidade de Vigilância em Saúde) iniciará uma ação educativa na região onde o morcego foi encontrado. A partir da segunda-feira (18/6) serão distribuídos materiais educativos nas residências e feito um levantamento da cobertura vacinal dos cães e gatos, residentes próximo ao endereço.

Medidas de Controle

Conforme orientação técnica do GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica) do Departamento Regional de Saúde (DRS-VII) de Campinas, não será preciso realizar bloqueio com vacinação em cães e gatos em decorrência desse caso, apenas o monitoramento e o reforço nas orientações para que os proprietários mantenham os animais com a vacinação antirrábica em dia.

O CCZ pede para que os proprietários de cães e gatos, residentes na região do bairro Antônio Zanaga, mantenham seus animais com a vacinação em dia, ou seja, o animal tem que ter sido vacinado há menos de um ano. Essa recomendação não se aplica apenas aos moradores daquela região, mas sim para todos os cães e gatos existentes no município.

Quanto aos morcegos, o CCZ esclarece que eles são animais silvestres protegidos por lei, porém quando um morador se deparar com um morcego em sua residência, vivo ou morto, ele deve entrar em contato com o setor, para que seja recolhido e encaminhado ao laboratório de referência. O CCZ recomenda não colocar a mão, nem ter qualquer tipo de contato, sobre o morcego. Caso isso ocorra, o munícipe deverá lavar a região de contato com água abundante e sabão e procurar uma unidade de saúde para atendimento.

A raiva é uma doença fatal, causada por um vírus eliminado na saliva de animais mamíferos infectados. Até o momento não existe tratamento para as pessoas e animais que desenvolvem a doença, portanto a prevenção fundamental.

Caso os munícipes possuam cães e gatos com a vacinação atrasada, podem  procurar o CCZ de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. O endereço é Avenida Heitor Siqueira, nº 1.520, Praia Azul. O telefone é 3467-1187.

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br