Cantora barbarense Luna Maria grava música inédita de Paulo Zdan, um dos maiores compositores do Brasil

Foto: Divulgação / Facebook

Dona de uma voz única, a cantora e compositora Luna Maria de apenas 15 anos de idade, natural de Santa Bárbara d´Oeste, gravou uma música inédita composta pelo consagrado compositor Paulo Zdanowski, o Paulo Zdan, compositor de grandes sucessos como Coleção, A Lua e Eu, Soul do Rio e vários outras músicas que marcaram a MPB.

A jovem barbarense que encantou a cantora Ivete Sangalo no Programa The Voice Kids da Rede Globo em 2016,  ficou muito agradecida por Paulo Zdan abrir novos caminhos para sua carreira e dar a honra dela interpretar essa nova canção que ele compôs em parceria com o saudoso Marcos Netto.

Quero agradecer muito a todos os músicos que acompanham minha carreira: Marcelo Zorzetto, Dani Franco, Sérgio Kina, em especial o Paulo Zdan, compositor da música Coleção, uma música que marcou definitivamente o início de minha carreira” – disse Luna Maria em seu Facebook.

Compositor Paulo Zdan

  O compositor Paulo Zdan está muito feliz com o resultado final de sua canção na voz de Luna Maria.

    “Fiquei super contente em ter Luna Maria no meu casting de interpretes da nova geração. Com uma voz potente e timbre único, ela vai despontar na MPB rapidamente. Quando eu vi ela cantando coleção”, já fiquei impressionado! Agora gravando essa balada soul radiofônica, espero que os programadores das rádios prestigiem assim como eu” – disse Paulo Zdan.

Confira a música e o clip:

 

Sobre Luna Maria

A cantora e compositora Luna Maria, natural de Santa Bárbara d´Oeste, com 15 anos é considerada a mais nova promessa da MPB. Ela começou a cantar aos 8 anos de idade e seu primeiro show foi com apenas 11 anos. Ganhou destaque nacional com sua participação no The Voice Kids, da Rede Globo em 2016, quando encantou  a cantora Ivete Sangalo, jurada do programa, e os outros jurados por sua voz de contralto e um repertório que passa pelas melhores músicas da MPB.

 

Sobre Paulo Zdan 

Paulo Zdanowski em 1970 participou do festival estudantil do Colégio Rio de Janeiro, no qual ganhou os prêmios de melhor música e de melhor intérprete masculino.

Iniciou a carreira profissional em meados dos anos 70 fazendo parte da banda de acompanhamento de Cassiano, com quem começou a compor.

Em 1976 como guitarrista e produtor, atuou no disco “Cuban Soul 18 kilartes”, de Cassiano, disco no qual também trabalhou como percussionista e backvocal, além de co-autor em nove músicas do LP, destacando-se as faixas “A lua e eu” e “Coleção”. A primeira fez parte da trilha sonora da telenovela “O Grito”, da TV Globo e a segunda, “Coleção”, foi incluída no ano seguinte na trilha sonora da novela “Loco-motivas”, da mesma emissora.

De 1982 a 1985, fazendo parte da banda Brylho, lançou um disco em 1983 “Brylho”, pela gravadora Elektra/WEA, do qual se destacou a faixa “Noite do prazer” (c/ Cláudio Zoli e Arnaldo Brandão) e outras de sua autoria como “Destrava Maria” (c/ Cláudio Zoli, Pedro Silva e Arnaldo Brandão), “Jóia rara” (c/ Cláudio Zoli) e “Meditando” (c/ Cláudio Zoli e Arnaldo Brandão), entre outras.

No ano de 1985, com o fim do grupo, lançou-se em carreira solo ao gravar pela PolyGram um compacto com as músicas “Impulso e desejo” e “Paranóia”, ambas de sua autoria.

Caetano Veloso gravou de sua autoria “Quero um baby seu” (c/ Luis Carlos Siqueira ).

Em 1991 teve duas de suas composições regravadas no CD “Cedo ou tarde”, de Cassiano: “Coleção”, com Djavan e Cassiano e “Salve essa flor” com Luiz Melodia e Cassiano.

Em 2001, a banda carioca Clave de Soul, no disco “Dançar é bom”, incluiu de sua autoria “Sucesso” (c/ Marcos Nabuco).

No ano de 2002, sua composição “Noite do prazer” (c/ Arnaldo Brandão e Cláudio Zoli) foi incluída na coletânea “Os melhores da MPB FM volume 2”, interpretada por Cláudio Zoli.

Entre 2006 e 2007 integrou, como cantor e guitarrista, a banda Good Times e ainda a banda Soul Rio, com a qual se apresentou diversas vezes na Fundição Progresso, na Lapa.

Como compositor foi o principal parceiro de Cassiano.

Suas composições foram gravadas por vários nomes da MPB como Tim Maia, Cassiano, Caetano Veloso, Djavan, Nana Caymmi, Luiz Melodia, Emílio Santiago, Sandra de Sá, Banda Black Rio, Brylho,, Banda SoulRio, Joanna, Cláudio Zoli, Guilherme Arantes, Maurício Manieri, Rodrigo Faro, Harmonia do Samba, Pixote, Wando, Trio Nordestino, Diana Pequeno, Banda Eva, Ivete Sangalo, Banda Mel, Eduardo Dusek, The Fevers, Michael Sullivan, Sampa Crew, Evandro Mesquita, Sérgio Loroza, Mário Gomes, Rosemary, Quinteto Ternura, Bukassa, Cidade Negra, Biquíni Cavadão, Sidney Magal, André Leonor, entre outros.

Suas músicas obtiveram diversas regrações, destacando-se “Noite do Prazer” (c/ Cláudio Zoli e Arnaldo Brandão – 156 regravações); “A lua e eu” (c/ Cassiano – 164 regravações); “Coleção” (c/ Cassiano – 157 regravações); “Salve essa flor (4 regravações); “Nosso adeus” (c/ Beto Cajueiro – 28 regravações) e “Quero um baby Seu” (c/ Luis Carlos Siqueira – 3 regravações).

É considerado, ao lado de artistas como Cassiano, Carlos Dafé, Banda Black Rio, Cláudio Zoli e Tim Maia, um dos nomes mais importantes do soul brasileiro. Outra composição sua de sucesso é “A noite do prazer” (c/ Cláudio Zoli e Arnaldo Brandão), gravada pelo grupo Brylho, interpretada por Cláudio Zoli, entre outras várias regravações.

 

Redação – Dennis Moraes

Notícias Relacionadas

Grupo de amigos faz doações de livros em Santa Bár...   Incentivo a leitura!   O Grupo de amigos "Turminha do Galvão", de Santa Bárbara d´Oeste, esteve hoje pela manhã fazendo doações de li...
Barbarense recebe título de comenda pelo seu traba... Em um evento luxuoso realizado no último sábado (25), no Salão de Festas da Capelania da Policia Militar do Estado de São Paulo, Bairro da Luz, São Pa...
Karine Florencio, ex apresentadora e repórter do P... Karine Florencio comandará canal do youtube da revista mexicana Trending Magazine A revista mexicana Trending Magazine, com sede na cidade de Puebla ...
Secretária de Cultura de SBO “Um ano para e... O ano nem acabou ainda mais a Secretaria de Cultura de SBO já pode contar o ano como perdido. As festas de nossa cidade tiveram muitas críticas vin...