Campinas faz parte do plano de expansão da Security, que prevê investir de R$ 35 milhões até 2020

Com o constante crescimento dos segmentos de segurança patrimonial e eletrônica, empresa investe para aumentar sua atuação em Campinas

O mercado de segurança patrimonial vem crescendo consideravelmente, no entanto que nos últimos dez anos o segmento triplicou o faturamento e em 2015 chegou a R$ 50 bilhões, de acordo com a Fenavist (Federação Nacional de Empresas de Segurança e Transporte de Valores). O segmento de segurança eletrônica acompanha esse crescimento e, em 2015, faturou R$ 5,4 bilhões.

 

Com a evolução do mercado, a Security Segurança e Serviços, empresa de segurança patrimonial, segurança eletrônica, facilities e academia de formação de vigilantes, realiza um plano de expansão desde o início de 2016, para atuar em todas as regiões do Brasil e principais cidades até 2020. Hoje está em mais de 500 municípios.

 

O investimento para o plano é cerca de R$ 35 milhões e prevê faturar R$ 500 milhões ao ano até 2020, em 2016 a empresa faturou R$ 348 milhões. Dentro desse plano, um dos objetivos é aumentar a participação de vigilância eletrônica para 35%, de facilities para 25% e segurança patrimonial ser responsável por cerca de 40%.

 

Campinas foi considerada no final do ano passado como a terceira melhor cidade para se empreender, segundo índice divulgado pela Endeavor. A cidade também teve um crescimento médio do PIB ainda maior passando de 3,5% entre 2011 e 2013 para 4,1% entre 2012 e 2014.

Com a expansão prevista, a Security também conta com investimentos voltados aos seus funcionários e lança sua própria Universidade Corporativa, com vídeoaulas e conteúdos próprios produzidos na sede da empresa. O investimento previsto para o projeto foi de R$ 500 mil, incluindo o estúdio próprio.

A iniciativa de implantar a Universidade Security veio através da pesquisa de satisfação que os colaboradores da Security realizam anualmente, nela cerca de 80% dos vigilantes disseram que sentem falta de treinamentos e especializações e que gostariam de fazê-los em formato de videoaula pelo celular. “A Universidade Security vai iniciar com treinamentos voltados aos vigilantes, que representam cerca de 75% do nosso quadro de funcionários, mas nosso objetivo é estender para todas nossas áreas”, comenta a diretora de RH da Security, Renata De Luca.

 

Ainda nesse ano, a Security vai iniciar a operação de Portaria Virtual para condomínios, que aumenta a segurança através da utilização de sistemas tecnológicos que controlam, por meio de um software centralizado, o fluxo de entrada e saída dos moradores, prestadores de serviços e visitantes. Além de reduzir os custos com despesas administrativas.

 

 

Sobre a Security

Atuando há 37 anos no mercado de segurança, a Security Segurança e Serviços oferece Segurança Patrimonial, Segurança Eletrônica, Facilities e Academia de Vigilantes para empresas, condomínios, shoppings e órgãos públicos. Está presente em mais de 500 cidades nas regiões Sudeste, Sul, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil e até 2020 vai expandir para todas as regiões do país. Com mais de 7 mil colaboradores, a Security atua em vários segmentos do mercado corporativo e público.

 

Comentários
Posted Under