Câmara contrata projeto técnico para implantar energia solar

O presidente da Câmara barbarense, vereador Ducimar Cardoso, o Kadu Garçom (PR), assinou, nesta semana, o pedido para contratação de projeto técnico para implantação da energia fotovoltaica, utilizada para a geração de energia elétrica por meio da transformação da radiação solar. Em uma segunda etapa, a Câmara deve abrir licitação para implantar os painéis de energia. Esse projeto técnico, que deve ser aprovado pela CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) e também inclui a fiscalização da execução do serviço, terá custo de R$ 10 mil para a Câmara e será pago, de maneira parcelada, até a conclusão da obra.

O pedido para a implantação desse tipo de energia no prédio do Legislativo foi realizado pelo diretor administrativo-financeiro da Câmara, Vilson Vendramin Júnior, apontando a economia que advém do uso desta matriz energética, uma vez que a instituição ficará com encargo de pagamento de uma tarifa mínima para a concessionária, reduzindo os custos mensais de manutenção da estrutura. Além disso, Vendramin Júnior afirmou no pedido que a utilização de energia solar, considerada limpa e renovável, é mais sustentável, uma vez que diminui a necessidade de uso de termoelétricas e hidroelétricas. Por fim, ele ressaltou que a medida contribui para a valorização do bem público, uma vez que o prédio passará a ser autossuficiente em energia, podendo, inclusive, enviar o excedente produzido para abastecer a rede concessionária.

“Estamos economizando neste ano, para que a implantação do sistema de energia solar ocorra já no primeiro semestre de 2018, contribuindo para a economia da Câmara nas próximas décadas e para uma cidade mais sustentável”, afirmou Kadu, agradecendo o apoio dos demais membros da Mesa Diretora, que também é composta por Valdenor de Jesus Gonçalves Fonseca – o Jesus Vendedor (DEM), Joel Cardoso – o Joel do Gás (PV) e Edmilson Ignácio Rocha – Dr. Edmilson (PPS). Atualmente, as despesas mensais do Legislativo barbarense com energia elétrica atingem, me média, cerca de R$ 12 mil.

Comentários