My Twitter Feed

December 11, 2016

Casa de Aço Modulações

Basílica de Santo Antônio entrega restauração interna e anuncia quarta fase


Em missa realizada ontem (20) a Basílica Santuário de Santo Antônio de Pádua, em Americana, entregou a restauração interna da Igreja e anunciou a quarta fase que compreenderá toda a área externa do templo. Cerca de R$ 530 mil já foram investidos nas obras.

 

Nesta fase foram restaurados a nave central e átrio interno. Passaram pelo processo de recuperação das cores originais as colunas de sustentação, adornos dos candelabros, paredes, molduras das pinturas e vitrais, rosáceas e capitéis. As obras duraram aproximadamente nove meses.

 

A restauração vem sendo executada somente com recursos próprios por meio de um carnê mensal que conta com 692 membros. “A comunidade vive hoje um dos seus mais belos momentos, porque ela percebeu a sua capacidade de viver em comunhão não só na dimensão espiritual como na dimensão material”, avaliou o reitor da Basílica, padre Leandro Ricardo.

 

O reitor adiantou que em fevereiro começam as mobilizações e captações para início da quarta fase que contemplará a pintura externa e restauração das estátuas que estão ao redor da igreja. A estimativa é de sejam necessários R$ 400 mil. O salão de festas da Basílica também passará por obras, ainda sem previsão de gastos.

 

“Nós tivemos uma comunidade construtora do passado que é muito bem lembrada por todos e outra comunidade restauradora que é essa do presente que com muito custo mantém viva essa bonita história”, completou.

Durante a missa foram homenageados todos que contribuíram com as obras, colaboradores, padres, funcionários, empresas parceiras, ministros e agentes de pastorais. Um livro de ouro com o nome de todos os membros da campanha foi colocado dentro do altar principal da Basílica.

 

Para a arquiteta responsável, Juliana Binotti, a restauração recuperou a vivacidade da Basílica. “Ao longo dos anos a igreja sofreu com a ação natural do tempo, infiltrações e luz, por isso o maior desafio nesse processo foi encontrar as cores originais. Foi um trabalho exaustivo de prospecção, teste e pintura, mas que possibilitou recuperarmos o máximo da originalidade. Conseguimos trazer harmonia novamente para as obras”, relatou.

 

O bispo diocesano de Limeira, Dom Vilson Dias de Oliveira, destacou o dinamismo e engajamento da comunidade. “Em um ano de crise manter uma obra desde porte não é fácil. Isso mostra que não existe crise para a fé e devoção dos fiéis. Nossos parabéns a todos que contribuíram e se empenharam com essa grande restauração”, comentou.

  • colunas-restauradas
  • padre-leandro-ricardo-dom-vilson-dias-de-oliveira-bispo-diocesano-de-limeira-e-juliana-binotti-arquiteta-responsavel

Comentários

comentários

Comments are closed.