Banho e tosa adequados são essenciais à saúde dos animais de companhia


Linha Douxo da Ceva Saúde Animal combina ingredientes que limpam profundamente e hidratam a pele sensível dos cães e gatos

A última pesquisa divulgada pela Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação) revelou que o Brasil é 4º maior país do mundo em população total de animais de estimação. São 132,4 milhões dos 1,56 bilhão da população mundial. Os números revelam um mercado promissor, que oferece um amplo portfólio de produtos e serviços aos pets. Um dos mais consumidos é o banho e tosa, que dever ser realizado em um local de confiança, com um ambiente agradável e acolhedor para o animal e que ofereça um serviço com qualidade e preço justo.

“O banho e tosa é uma prática comum na rotina de muitos animais. Além da água quentinha e produtos cheirosos, os proprietários devem estar atentos a diversos aspectos do ambiente para não terem problemas futuros com a saúde do pet e, consequentemente, gastos desnecessários”, alerta o Médico Veterinário e Diretor da Unidade de Negócios Pet da Ceva Saúde Animal, Leonardo Brandão.

Antes de contratar o serviço, observe as condições do ambiente, que segundo Leonardo, deve ser limpo e bem arejado; os materiais, como escova e secadores precisam ser higienizados corretamente, livres de poeira e de acúmulo de pelos; as toalhas devem ser esterilizadas e de uso individual; os rótulos, embalagens e validade dos produtos também devem ser observados pelos donos. “Até os pisos e paredes devem demonstrar cuidados, revestidos com material lavável e impermeável, que facilite a limpeza”, ressalta.

Buscar referências também deve fazer parte do ritual dos proprietários para evitar possíveis problemas, como por exemplo, a situação vivida pela proprietária de pet, Lais Flausino. “Tenho um yorkshire, que precisa tomar banho de 15 em 15 dias. Na primeira vez em que levei para o pet shop, o meu cachorro voltou com cortes e queimaduras. Nunca mais retornei no local e sempre alerto outros proprietários sobre o ocorrido”, diz Lais.

Os gatos costumam ficar mais agitados, por isso, o ideal é que o pessoal do pet shop/banho e tosa providencie uma sala de espera com compartimentos individuais, exclusiva para esses usuários. “O uso de produtos ambientais com base no odor espécie-específico felino faz toda diferença, pois traz a sensação de tranquilidade, conforto e segurança para o animal”, explica Leonardo. “O Feliway, produzido pela Ceva é ideal para isso. Utilizado em muitos desses locais, o produto libera um odor sintético reconhecido apenas pelos gatos que traz a sensação de calma e tranquilidade para o animal. A utilização é simples, basta plugar o difusor na tomada e aplicar o Feliway Spray nas gaiolas”, explica ele.

Outra dica do especialista vai para os animais infestados por pulgas e carrapatos. “Ao perceber que o pet está infestado com esses parasitas, é necessário visitar o veterinário para iniciar o tratamento adequado”, ressalta Leonardo.

Tipos de tosa

A tosa vai além da estética. O procedimento faz parte da higiene e da saúde dos peludinhos. Além de ficarem mais bonitos e com boa aparência, favorece o bem-estar, é indispensável para algumas raças e facilita a transpiração. Realizada de duas maneiras, na máquina e na tesoura, o tipo de tosa depende da finalidade, do pelo e da raça. “Um bom local de banho e tosa entrega o animal de companhia limpo, cheiroso, com corte sem falhas e nivelado”, comenta o Médico Veterinário.

A tosa higiênica é a mais conhecida. Nela, o especialista faz o corte dos pelos das patas, para gerar maior segurança do animal, além de evitar o acumulo de parasitas e fungos. Na região genital, a limpeza e corte dos pelos é feita para garantir uma melhor higienização.

Já na barriga, o cuidado é necessário para não embaraçar os pelos, que podem machucar o animal e acumular sujeira. Orelhas, cauda e focinho também são inclusos nessa tosa. Para as unhas, é aconselhável que o corte seja feito por um profissional.

Banho dermatológico

A Dermatite Alérgica à Picada de Ectoparasitas (DAPE) e a Dermatite Atópica (DA) são os principais diagnósticos de problemas dermatológicos nos consultórios. Cães e gatos diagnosticados com essas doenças devem receber tratamento diferenciado no banho, o que inclui shampoos e produtos específicos. Para eles, a frequência de banhos também será determinada pelo veterinário.

Esses cuidados são extremamente necessários, pois os animais com problemas dermatológicos podem sofrer graves lesões ao tomar banhos com produtos inadequados. “Nesses casos o acompanhamento com o veterinário de confiança é essencial. O especialista irá receitar os produtos ideais para o problema, que deverão ser utilizados corretamente durante o banho”, explica o gerente.

Para ajudar nessa tarefa, a Ceva Saúde Animal conta com a linha Douxo, considerada inovadora na terapia de cães e gatos, conta com uma combinação de ingredientes que proporciona limpeza profunda e hidratação da pele sensível. “A presença da molécula fitosfingosina, componente precursor da ceramidas, auxilia na hidratação da pele sensível”, explica Leonardo.

Indicada para a higienização dos pets, a linha é composta pelo Douxo Calm Shampoo, Douxo Calm Spray Microemulsão, Douxo Manutenção Shampoo, Douxo Seb Shampoo e Douxo Seb Spray Microembulsão. Os produtos podem ser encontrados em clínicas veterinárias ou em pets shops por todo o país.

 

Comentários