Autorizações para ambulantes crescem 21,8% em Piracicaba

134 permissões foram liberadas; nos sete primeiros meses de 2016, foram 110. Foto: Justino Lucente

 

O número de autorizações concedidas aos ambulantes de Piracicaba cresceu 21,8% entre janeiro e julho de 2017, quando comparado ao mesmo período do ano passado. De acordo com informações do setor de economia informal, 134 permissões foram liberadas – nos sete primeiros meses de 2016, foram 110.

“Nos últimos anos, o número de desempregados cresceu na cidade, assim como no Brasil. Frente ao cenário difícil, a Secretaria Municipal do Trabalho e Renda (Semtre) atua como geradora de renda. Por isto, foi desenvolvido um trabalho junto ao setor para que um maior número de pessoas tivesse a oportunidade de empreender”, explica o responsável pela pasta, Evandro Evangelista.

O índice é referente aos profissionais que atuam de forma itinerante (ambulante que exerce sua atividade carregando ou conduzido sua mercadoria com equipamento em circulação, sem permanecer no mesmo ponto), em pontos fixos (ambulante ou camelô que exerce atividade com o auxílio de veículos automotivo ou não, com equipamento desmontável e removível, que permanece em locais permitidos) e também em trailers. “Grande parte destes profissionais atuam no setor de alimentação”, afirma o secretário.

Encontro – Na última quinta-feira (17), a equipe da economia informal, junto com Evangelista, se reuniu com a comandante da Guarda Civil Municipal de Piracicaba, Lucineide Corrêa. Na ocasião, foi reforçado a parceria e o apoio da corporação no trabalho de fiscalização dos ambulantes.

Até julho deste ano, 345 ambulantes tinham sido regularizados pela Semtre. “Mas antes de empreender é importante que a pessoa procure a Semtre para orientações. É necessário avaliar a viabilidade financeira frente à ideia e oportunidade de negócio. Além disso, é importante conhecer as regras e saber os deveres e obrigações do empreendedor”, finaliza Evandro.

A Semtre fica na Rua Monsenhor Manoel Francisco Rosa, 900, no Centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Informações pelo telefone (19) 3437-2220.

João J. Souza