Autoridade de Controle recebe denúncias de doping por e-mail


Relato é anônimo e será analisado a partir de agora pela Comissão de Serviço de Inteligência

Para reforçar o combate à dopagem no esporte, a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD) disponibiliza um canal exclusivo para receber denúncias.

O endereço eletrônico  receberá informações de forma sigilosa que apontem possíveis irregularidades com o uso substâncias e métodos proibidos pelo Código Mundial Antidopagem que envolvam atletas, técnicos e equipes multidisciplinares que trabalham para garantir o desempenho dos esportistas.

O e-mail é sigiloso e seguro. A denúncia pode ser anônima. As informações serão analisadas pela Comissão de Serviço de Inteligência da entidade, que também passa a funcionar a partir de agora.

Para o secretário Nacional da ABCD, Rogério Sampaio, a ferramenta traz novas fontes de informações para combater à dopagem no País. “As denúncias nos ajudam a chegar mais rápido e de forma mais precisa naquelas pessoas que estão se valendo de métodos e substâncias irregulares para melhorar seu desempenho”, avalia Sampaio.

Análise

Caberá à Comissão de Serviço de Inteligência receber e avaliar as denúncias, buscar informações sobre a modalidade indicada, verificar se o denunciado se encontra no Grupo Alvo de Testes (GAT) da instituição e se seus dados já se encontram no sistema de localização da ABCD.

Outros dados como o tipo de competição que o denunciado está participando, se é atleta filiado a federações e outras entidades esportivas e ainda o meio onde está envolvido como técnico, equipe, profissionais multidisciplinares, também serão apurados. A troca de informações entre as Organizações Nacionais Antidopagem (Nados) de outros países também tem ajudado o Brasil no trabalho.

De posse dos dados, a comissão abrirá em até três dias um processo de investigação e iniciará o trabalho de campo. Comprovada a denúncia e o descumprimento das regras estabelecidas pela Agência Mundial Antidopagem (WADA-AMA), o envolvido e os demais responsáveis pela dopagem estarão sujeitos às sanções previstas no Código Mundial Antidopagem.

 

Portal Brasil

Foto: Crédito Fernando Frazão (Agência Brasil)

Comentários