Artigos / Opinião Variedades

Artigo – A Mão Rápida e os Impostos – Douglas S. Nogueira

A mão rápida do governo, a agilidade incrível para retirar dinheiro da população e em pouco tempo transformar tal dinheiro em recursos grandiosos e consideráveis em prol dele mesmo é algo discutível. Infelizmente essa é a dura realidade do nosso país, uma nação com mais de 200 milhões de habitantes que convive com a ladroagem política, através dos inúmeros e inúmeros impostos existentes por todo lado.

         Comprou um balinha? Pagou imposto. Adquiriu aquele CD do artista que tanto gosta? Pagou imposto. Viajou de carro, ônibus ou avião? Pagou imposto. Foi se divertir no cinema ou estádio de futebol? Pagou imposto. Foi ao médico? Pagou imposto. Sepultou aquele ente tão amado? Pagou imposto. Foi a escola ou faculdade em busca da graduação indispensável? Pagou imposto. Não há como negar, o Brasil perante o mundo é um dos campeões em pagamentos de impostos.

         Parece que tristemente a tão sonhada Reforma Tributária, irá demorar e muito a ocorrer, já que essa carga enorme de tributos sobre o povo brasileiro é de muito interesse para o governo, para os cofres políticos, para a manutenção da vida dos governantes e suas respectivas famílias.

         Em São Paulo próximo a BOVESPA, existe o impostômetro um medidor baseado em médias e estatísticas, que apresenta em tempo real a quantidade de tributos recolhidos em todo o país, naquele determinado ano fiscal. É incrível e impressionante, a velocidade com que os dígitos se movimentam em busca do maior número.

         Será que o Brasil tem necessidade de recolher tantos impostos? Fica aí a pergunta.

         Os tributos nada mais são do que uma forma disfarçada do governo com sua mão rápida e eficaz, levar aos cofres públicos recursos financeiros de todas as proporções.

         Hoje estamos aí, convivendo com essa alta desordenada e incessante do etanol. Um combustível que antes parecia ser a solução para as classes baixa e média, tornou-se algo pelo menos por enquanto de posse somente de cidadãos com um pouco mais de recursos.

         Qual será a intenção do governo? Destruir a população? Acabar com os sonhos e objetivos do povo? Dificultando o bom viver e a facilidade para adquirir bens? Quando se fala governo, nada se quer dizer com PT, PMDB, PSDB, PSOL ou DEM e sim ao grupo de governantes que lá se encontram nesse momento, no qual se diz representante do povo, idealizador do avanço brasileiro.

         Com tal carga de tributos, fica difícil dizer que no dia de amanhã uma pessoa poderá migrar da classe baixa para a média e assim sucessivamente, já que mal dá para comer, imagine guardar dinheiro e adquirir bens.

         A tão falada Reforma Tributária, parece ser sempre mais um argumento em campanhas políticas, porque o fato de a mesma não ocorrer proporciona aos candidatos mais blá-blá-blá na época da conquista de votos.

         A mão rápida dos governantes, tem o poder até mesmo de mexer em nossas contas bancárias sem que possamos reclamar, já que impostos relacionados a conta corrente e outras transações aparecem em extratos como se nada quisessem e tiram um centavinho ali, outro aqui e assim vai, vamos a cada dia dando suporte e aval a mão rápida que furta-nos impiedosamente.

         Trabalhamos na verdade para pagar impostos, quer exemplo maior do que o temido e famoso “leão”? O Imposto de Renda retira de nossos bolsos, praticamente metade de tudo aquilo que adquirimos durante o ano de trabalho, de uma forma que parece até mesmo tranqüila e coberta de razão.

         A grande esperança é que a Reforma Tributária ocorra, para que possamos trabalhar para progresso próprio e não do governo, e transformando aquela criança pobre em um regido por recursos ou aquele cidadão sofrido por motivo das finanças em um indivíduo estabilizado e tranqüilo.

 

Autor: Douglas S. Nogueira

Técnico de Manutenção e Planejamento

Blog: www.douglassnogueira.blogspot.com

E-mail: douglas_snogueira@yahoo.com.br

 

Comentários
Redação
Criado e desenvolvido por Dennis Moraes, o site SB24horas surgiu em 08 de janeiro de 2013. Após um tempo na cobertura de eventos, criou o portal com o objetivo de levar a informação regional ao mundo, através da web. Atualmente o portal ultrapassou a marca de 350 mil visualizações mensais. Nossa Visão Ser reconhecida pelo maior número de pessoas e se tornar referência entre os meios de comunicação da Região Metropolitana de Campinas, com o pioneirismo da TVWeb. Nossos Valores Compromisso com a verdade; Apuração dos fatos; Compromisso com a qualidade; Transparência, integridade e idoneidade; Comportamento ético; Responsabilidade com o público;
http://sb24horas.com.br