Americana sedia oficina em saúde mental

A rede de atenção básica, por meio do NEPH (Núcleo de Educação Permanente e Humanização) promoveu, na manhã de hoje (21/2), uma oficina sobre apoio matricial em saúde mental. A capacitação foi conduzida pelo médico coordenador pedagógico do programa Mais Médicos, Fernando Cesar Chacra, com a participação do médico sanitarista, Adail de Almeida Rollo, que já atuou no programa Humaniza-SUS, do Ministério da Saúde.

 

Este foi o primeiro encontro do ano na microrregião de Campinas para abordar o apoio matricial, definido como uma metodologia de retaguarda especializada a equipes e profissionais encarregados da atenção a problemas de saúde. O evento contou com a participação de aproximadamente 40 profissionais, entre enfermeiros, médicos do programa Mais Médicos e da Família (Estratégia Saúde da Família), agentes comunitários de saúde, dentistas, entre outros.

 

O objetivo, segundo a coordenadora do NEPH, Eliana Vilas Boas, foi discutir os conceitos fundamentais do apoio matricial e dar início a um processo de planejamento de encontros regulares sobre esta metodologia, que será aplicada em toda a rede básica de saúde. “Essa oficina surgiu como demanda das reuniões de equipe, seu objetivo foi promover o encontro dos profissionais para construir propostas multidisciplinares”, pontuou.

 

Comentários