Abacate e seus benefícios à saúde


O abacate (Persea americana Miller) é uma fruta nativa da América Central, provavelmente do México e da Guatemala. Atualmente, o Brasil é um dos maiores produtores mundiais de abacate, grupo que inclui o México, a República Dominicana, a Colômbia e os estados da Califórnia e da Flórida, nos Estados Unidos.

A produção brasileira está distribuída principalmente pelas regiões Sudeste, Sul e Nordeste, sendo o estado de São Paulo o maior produtor, com 50,0% do total nacional. A colheita do abacate ocorre de janeiro a dezembro, com pico em abril e maio.

Rico em fibras alimentares, o abacate é fonte de folato e vitamina C. Também possui carotenoides, substâncias antioxidantes benéficas à saúde, e gorduras insaturadas que ajudam a diminuir o nível de colesterol total e de colesterol “ruim” (LDL-c), e a aumentar o colesterol “bom” (HDL), oferecendo efeito protetor contra o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Existem mais de 500 tipos de abacate no mundo. Entre os mais conhecidos no Brasil estão: o abacate Manteiga, em forma de pera, com polpa macia e sem fibras, o Guatemala, com casca rugosa e formato oval e o Pescoço, com forma semelhante ao abacate Manteiga, mas mais alongado. Os tipos de abacate Fucks e Geada têm muita polpa e baixo teor de gordura. São bons para o preparo de cremes. O Margarida, com teor médio de óleo, é bom para saladas. O Hass, com alto teor de gordura, e o Breda, com teor médio de óleos, são bons para o preparo de guacamole, prato típico mexicano à base de abacate. O Fortuna, com polpa adocicada e teor médio de óleo, é uma boa opção para ser consumido ao natural.

Na hora de comprar, é importante ter atenção à algumas dicas:

  • Os melhores abacates são os mais pesados e firmes. Se estiver duro, ainda não está bom para o consumo, mas o abacate amadurece bem fora do pé;
  • Os abacates de casca verde-claro e sem manchas são os melhores. Porém, a fruta pode apresentar algumas manchas de cor marrom-clara na casca, sem que isso indique má qualidade do produto — o defeito é apenas superficial;
  • Para saber se o abacate está maduro, a casca deve ceder com uma leve pressão dos dedos;
  • Após cortar o abacate, a polpa, em contato com o ar, escurece rapidamente. Para adiar um pouco esse escurecimento, passe um pouco de limão na fruta;
  • Se apenas metade do abacate for usada, deixe o caroço encaixado na outra metade e guarde na geladeira. Isso atrasa o processo de deterioração.

 

Dicas de receitas com abacate

Guacamole

Ingredientes:

1 abacate médio maduro

2 tomates picados sem pele e sem sementes

1 cebola média picada

1 dente de alho amassado

2 colheres de sopa de azeite

Pimenta do reino moída

Limão, sal e cheiro-verde para temperar

Modo de preparo:

Abrir o abacate ao meio, retirar o caroço e remover a polpa. Cortar em pedaços, amassar com a ponta de um garfo e guardar na geladeira. Enquanto isso, colocar o tomate, a cebola e o alho para refogar em fogo baixo com o azeite, a pimenta e uma colher de sopa de água. Tampar e deixar cozinhar por dois minutos. Esperar esfriar, juntar o abacate e misturar até formar uma pasta. Temperar com sal, limão e cheiro verde.

 

Creme doce de abacate

Ingredientes:

½ abacate
1 colher de sopa de cacau em pó
1 colher de sopa de chia
Adoçante e suco de limão
Modo de preparo:
Amassar o abacate com o garfo, adicionar os outros ingredientes, temperar com o suco de limão e adoçar a gosto. Servir bem gelado.

 

 

Autor: Nayara Sampaio, nutricionista CEASA – CRN 41993/P

Comentários